You are currently browsing the category archive for the ‘Presentes’ category.

Well well well…
Este selo e meme, eu recebi da Lyani, do “Entre Aspas”
Muito obrigada Ly… adorei!

Buenas, eu não tenho o costume de repassar memes, mas saibam que todos os blogues que tenho linkados aqui no TBC me fazem sorrir… é um pedacinho importante de cada um.
Então, este selo, dedico à todos!

This blog makes me laugh!

 


 

 

 

 

Agora à brincadeira…

As sete coisas que me fazem sorrir, são…
(Cliquem na imagem para ampliar)

Sete coisas que me fazem sorrir:

 

Caso não tenham entendido a minha letra (risos), as sete coisas que me fazem sorrir, são:

1. Céu azul, sol e frio.
2. Meu namorado.
3. Ver coração em tudo.
4. Dormir com barulho de chuva
5. A festa que a minha cachorrinha faz quando eu chego em casa.
6. Estar com quem eu amo
7. Ver fotografias antigas.

Observação: Quem quiser fazer o meme, não é necessário desenhar . Fui eu que burlei as regras…ehhehe….

 


 Oba obaaa!
O/

Como de costume, estava a visitar o blog da Ly, e me deparo com dois presentinhos lindos!

O 1° presente, é o Meme da Amizade.

Você escolhe 10 amigos para declarar sua amizade e nomeá-los num post. Depois, você visita seus respectivos blogs e avisa sobre a nomeação. Cada um indica mais 10 nomes e assim sucessivamente. Não há selos nem prêmios, apenas nossa declaração sincera de afeto!”

E os meus amigos tão queridos são:

* Cássia
* Rafa
* Gui
* Daniel
* Drika
* Isaque
* Malu
* Nay
* Luíza
* Jacídio

 .

O 2° presente é o selo: Mulher que faz pensar

. 

 Este selo deve ser indicado à 5 blogs de Mulheres que me fazem pensar…

 Quando me deparo com este selo, penso:  “- Ly, você está louca?”  (risos)
É muita responsabilidade fazer alguém pensar, e ainda por cima com as suas próprias palavras…
E alguém como eu então…, que só pensa besteira na maior parte do dia…ahahha

.

Às flores que me fazem pensar…

* Cássia
* Rafa
* Aninha
* Nay
* Drika

 .

E por fim, e um lindo fim, ganhei da Nay este certificado há um tempinho e não consegui colocá-lo aqui por falta de tempo …então o faço agora….
Querida, muito obrigada pelo presente!

.

.

Também os repasso para:

Lyani, Isaque e Flávia!

^^

Fui convocada à participar de um meme pela Júlia

Meme é tudo aquilo que se aprende por cópias descaradas a partir de outras pessoas… vai desde a troca de fraldas horrivelmentes odorizadas de bebês ou ao uso de milhares talheres para uma só comida, à coisas mais complexas, como por exemplo, filosofar debaixo de uma árvore pensando o que seria do verde se não fosse o azul, o amarelo e laranja, ou aprender japonês em braile, como já diz nosso querido Djavan…

Enfim…simplificando: “COPY AND PASTE” !
Alguém faz, você vê, gosta, pensa (ou não), e copia descaradamente!
Sendo assim… pessoas copiarão o que você copiou, e que supostamente já fora copiado, e que será copiado por outras pessoas, o que foi copiado por você… e assim a dose viral se espalha… deu pra entender né?

Moral da história: Os memes, são nada mais, nada menos do que as famosas correntes de internet que todo mundo odeia, com uma roupagem nova, e um nome mais “chic”, digamos…

O meme pelo qual fui convocada a participar, tem como regra…
1-) Escolher o livro mais próximo. Eu disse o MAIS PRÓXIMO.
2-) Abrir na página 161 e escolher uma frase aleatória.
3-) Passe e repasse
.

Por favor, não riam do livro que estava próximo à mim… hahah

Desimportante, claro, é o que quis dizer”, disse o Rei apressadamente, e continuou para si mesmo em voz baixa: “importante… desimportante… desimportante… importante…” como se  estivesse tentando descobrir qual das palavras soava melhor.

ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS.
( Lewis Carroll )

E como não vou ficar sozinha nessa, convidos os amigos abaixo para um COPY AND PASTE também… hehehh

“Entre Aspas”
Louca.Mente
Nova Casa, Mesmo Morador
Carambolas Azuis
One Way Monoblogue

So… have fun!
^^

Sintaxe à vontade

"Todo sujeito é livre para conjugar o verbo que quiser.
Todo verbo é livre para ser direto ou indireto.
Nenhum predicado será prejudicado;
Nem tampouco a vírgula, a crase, nem a frase, e nem o ponto final!
Afinal, a má gramática da vida nos opõem entre pausas, entre vírgulas; e estar entre vírgulas é aposto.
E eu aposto o oposto que vou cativar a todos, sendo apenas um sujeito simples!"


GALERIA NAGULHA

julho 2017
D S T Q Q S S
« jan    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Tem gente!

Sobre a Leitura



"Deve-se ler pouco e reler muito.
Há uns poucos livros totais, três ou quatro, que nos salvam ou que nos perdem.
É preciso relê-los, sempre e sempre, com obtusa pertinácia. E, no entanto, o leitor se desgasta, se esvai, em milhares de livros mais áridos do que três desertos."

Nelson Rodrigues


"Apenas se deveriam ler os livros que nos picam e que nos mordem.
Se o livro que lemos não nos desperta como um murro no crânio, para quê lê-lo?

Franz Kafka.
SOBRE A ESCRITA...

"O que é que eu posso escrever? Como recomeçar a anotar frases? A palavra é o meu meio de comunicação. Eu só poderia amá-la!"


"Devemos modelar nossas palavras até se tornarem o mais fino invólucro dos nossos pensamentos.
Sempre achei que o traço de um escultor é identificável por uma extrema simplicidade de linhas.
Todas as palavras que digo - é por esconderem outras palavras."


"Escrevo porque encontro nisso um prazer que não consigo traduzir
Não sou pretenciosa.
Escrevo para mim, para que eu sinta a minha alma falando e cantando, às vezes chorando "...


"A palavra é minha quarta dimensão.
[...] escrever é o modo de quem tem a palavra como isca: a palavra pescando o que não é a palavra. Quando essa não-palavra - a entrelinha - morde a isca - alguma coisa se escreveu."


"Eu só escrevo quando eu quero. Sou uma amadora, e faço questão de continuar a ser amadora.
Profissional, é aquele que tem uma obrigação consigo mesmo de escrever, ou então em relação ao outro.
Agora eu faço questão de não ser profissional, para manter a minha liberdade"

Clarice Lispector

Twitter

“PRATRÁSMENTE…”

ARQUIVOS

Folheie!

  • 29,682 Folheadas




"É somente pelo amaciamento e disfarce da carne morta através do preparo culinário, que ela é tornada susceptível de mastigação ou digestão; e que a visão de seus sucos sangrentos e horror puro, não criam um desgosto e abominação intoleráveis."

Percy Bysshe Shelley.

DOE-SE

Alegria!



Vida!